MODA • BEACH ESSENTIALS

Janeiro tá bombando e todo mundo já começa a programar as viagens, né verdade? Os destinos favoritos são para as nossas praias maravilhosas. Pensando nisso, fiz um post com os meus “essenciais” que não podem faltar na mala quando vou viajar para alguma praia.

No post vocês vão encontrar uma seleção de alguns itens curingas para se inspirarem e detonarem nos looks de Verão!

Confiram aí!

PG 1 (Completo)

E aí, curtiram? Quem quiser deixar sugestões, dicas ou alguma mensagem, é só comentar! Abraço!

MODA • SPFW – INVERNO 2016

CABEÇALHO

O SPFW aconteceu semana passada e apresentou as coleções do Inverno/2016. Como a semana de moda é sempre muito corrida, resolvi fazer um “highlight” mostrando os pontos que mais chamaram a minha atenção e também falar um pouco sobre o que as marcas mostraram por lá. Let’s?!

JOÃO PIMENTA

• João Pimenta: Para essa coleção, João Pimenta apresentou uma coleção mais comercial e quis explorar o homem moderno. A cor escolhida para essa temporada foi o azul marinho, seguido do verde e do amarelo que remetem ao Brasil. A alfaiataria clássica com riqueza de detalhes e a exaltação dos ícones brasileiros também fazem parte da temática da sua coleção.

RONALDO FRAGA

• Ronaldo Fraga: Para a sua coleção, o estilista abordou o tema “Amor”. Nas roupas, o tecido escolhido foi a seda. O tema é abordado nas suas diversas formas em estampas realistas e surrealistas de corações, partituras musicais, cartas de amor, flores e por aí vai. O estilista quis traspor o conceito de roupa por gênero e quis fazer algo que ambos sexos possam utilizar.

ELLUS

• Ellus: O desfile da Ellus foi em cima do lançamento de sua nova linha “esportista”, a Ellus Sport Deluxe (finos! Kkk). Essa coleção traz uma pegada jovem e de rua, a ideia é trazer o sportwear para a realidade da marca. As peças têm uma pegada “street sofisticada”, podemos ver muito preto com branco e cores vibrantes. As referências esportivas estão nas estampas e nos tecidos como o nylon com acabamento resinado. Amei!

GIG COUTURE

•GIG Couture: A GIG Couture chegou com tudo no universo masculino. A marca mostrou que dá para fazer uma coleção completa com tricô para esse Inverno. As estampas e os coloridos característicos da GIG estão presentes nas peças, podemos ver também muitas referências brasileiras. As estampas com desenhos gráficos, passarinhos bordados e referência dos anos 90 deixaram todo mundo no desejo!

OSKLEN

• Osklen: Para essa temporada, a Osklen se inspirou nos atletas olímpicos da Grécia e explorou o tema “esportista” de uma maneira sofisticada e luxuosa. É possível ver muitas peças de moletons, veludo e sarja de algodão. Nas cores, o preto é predominante e é possível também ver estampas com ramos de louro dourados (lindos!).

COLCCI

• Colcci: O Inverno da Colcci foi todo inspirado nos anos 70. É possível ver muito azul marinho, marrom e camelo. Nas estampas, o floral e as listras continuam forte nessa temporada (nem gosto, né? Haha).

AMAPÔ

• Amapô: Para mim, foi o desfile mais polêmico (causou geral! Haha). No desfile da Amapô podemos notar muitas peças com referência gótica, macabra e andrógena. O preto, o vermelho (em formato de sangue, principalmente) e o branco fazem parte da paleta escolhida para o desfile. A maquiagem, as sobreposições e os acessórios, transportaram todos do desfile para esse universo meio sombrio e curioso.

E aí, qual foi o desfile favorito de vocês? Quero saber! Abraços!

MODA • SPFW 2015: Resumo + Favoritos

CABEÇALHO

E aí, fashionerds, tudo bom? A 38º edição do São Paulo Fashion Week terminou semana passada e eu não podia deixar de mostrar o que rolou por lá, né?

Nesse ano, as coleções Outono/Inverno 2015 apostaram em looks confortáveis e versáteis. E como sempre, as marcas fizeram diversas releituras e exploraram bém algumas peças que nós usamos no dia a dia.

Para não confundir a cabeça de vocês (nem a minha kkk), dividi o post por marcas e escolhi as minhas peças favoritas de cada uma! Espero que gostem!

Cavalera

A Cavalera teve como inspiração a fábula de João e Maria, dos irmãos Grimm, e tiveram como contexto o fantástico e imaginação. A marca apostou no jeans e no xadrez (que já é amado por todos!). O Xadrez, porém, é trabalho também nas calças. O blazer também foi explorado para fazer composições e o patchwork (aqueles retalhos, sabe?) estão presentes em algumas peças. Na paleta de cores estavam presentes o preto, azul marinho, cinza, branco, roxo e mostarda. Destaque para o Brogue (aquela variação do Oxford com furinhos) e chapéus.

PG 1 CAVALERA

João Pimenta

João Pimenta continuou firme com sua moda conceitual. O estilista fugiu um pouco do slim e optou pelos cortes retos. Materiais inusitados também foram usados com a proposta de novas texturas e é possível ver bordados em algumas estampas (que eu amei, inclusive!). Foram escolhidas cores mais sóbrias como o preto, cinza e branco, porém o estilista adotou o vermelho, o mostarda e o azul para algumas peças.

PG 2 JOÃO PIMENTA

Colcci

A Colcci foi uma das minhas preferidas, ela optou por uma pegada mais streetwear que eu amo! As peças apesar de serem para o Inverno, são leves e é possível ver bermudas combinadas com blazer, por exemplo. A marca investiu também nas estampas, listras e no mix de estampas. A coleção está super colorida e é possível ver cores como cinza, vermelho, marrom, laranja e azul.

PG 3 COLCCI

Ellus

A marca buscou referência no sportwear e no dinamismo que ele proporciona. É possível ver calças e bermudas com diferentes texturas, a cultura do grafite nas estampas também são visíveis. Ressalva para as jaquetas e jardineiras (que eu amo!) com estampas costuradas. As cores predominantes foram preto, azul marinho e laranja.

PG 4 ELLUS

Triton

A Triton foi representando “o lado negro da força” kkk.  A coleção foi inspirada na trilogia do Star Wars e fez a alegria dos fãs! Na passarela, temos uma pegada Luke Skywalker. Os rapazes ganham interpretações interessantes com alfaiataria e sportwear, além de combinações sólidas de cores. Na paleta estão presentes o laranja, tons pastéis (terra), preto, amarelo e azul.

PG 5 TRITON

Osklen

A Osklen apostou em contar a história de um casal que viaja por diferentes ambientes, indo desde geleiras e florestas, até o deserto e por fim, na cidade, super interessante, né? A marca investiu no conforto das peças e utilizou modelagens soltas, além de trazer modelos clássicos com uma releitura. Pode-se perceber também que o universo militar estava presente, juntamente com smokings e alfaiataria. O preto e o branco também estão presentes em peso na coleção, além dos cortes retos.

PG 6 OSKLEN

Alexandre Herchcovitch

Alexandre se destacou pelas camisas brancas, indo das mais ”simples” com pequenos detalhes, até as mais ousadas, decoradas com renda e com uma pegada mais cerimonial, sabe? As calças são um pouco mais curtas e conseguem deixar a produção casual mais sofisticada. O diferencial de Alexandre é a alfaiataria de alta qualidade com um toque de sofisticação. O Xadrez também está presente na sua coleção e promete fazer sucesso na coleção comercial.

PG 7 ALEXANDRE HERCHCOVITCH

Amapô

A grife teve o “É o Tchan” como trilha sonora (nostalgia, por favor! kkkk). Na coleção masculina foi possível ver estampas florais, ilustrações e mix de estampas. A Bahia foi ressaltada e passada para os desenhos feitos a mão, dando vida às famosas estampas da marca. Uma ressalva para os jeans coloridos que fizeram sucesso na passarela.

PG 8 AMAPÔ

 TNG

A TNG se inspirou na história do jeans e retratou isso na passarela, levando o marrom do jeans original para a coleção. O material em tons que lembram terra, juntamente com o azul. A grife misturou peças simples com peças mais sofisticadas, fazendo uma releitura do jeans sob o olhar da marca.

PG 9 TNG

E aí, qual foi a marca preferida de vocês? Confesso que foi difícil escolher apenas 6 looks de cada marca. Haha Abraços!